04 março 2012

FILME: Retrata o acolhimento na pátria espiritual, tal como a de Philips.

Mateus
Olá, minha querida Avó na Terra. Sinto uma grande alegria ao falar contigo e transmitir uma mensagem para a família de Philip. 
Fui ter com ele – que lindo menino! Foi uma curta visita à área de cuidados especiais, onde as almas que dão apoio e coragem estão constantemente com ele, enquanto o seu corpo fortalece da doença prolongada. Philips já está a sorrir e a rir e os seus olhos reluzem! Em breve vai ficar comigo e iremos procurar os diversos tipos de lar para que ele possa escolher onde quer viver ao princípio. No interior, as casas variam de tamanho, de cor e de estilo e no exterior a paisagem também difere, embora todas sejam belas. Ele pode escolher viver num ambiente tropical ou num ambiente de pastagens com cavalos, vacas e outros animais, ou num ambiente de casas junto a um lago ou numa montanha – seja qual for o ambiente que lhe agrade mais.

 Deixei Philip escolher como iremos fazer a nossa viagem à procura da casa – de autocarro, carro, comboio, ou podemos fazer uma viagem de barco ou mesmo de avião. Devo dizer que há dois grupos prioritários de crianças que chegam – crianças como Philip que eram muito amadas e bem cuidados e outras cujas vidas eram em zonas perigosas tais como zonas de guerra, campos de refugiados, ou “pessoas esquecidas” que estavam doentes e a morrer de fome. Ao princípio, os do segundo grupo vivem numa área diferente onde é dado a cada criança muito amor e atenção para que rapidamente desapareça toda a tristeza e as memórias dessas condições horríveis. Depois essas crianças reúnem-se às do primeiro grupo e retomam uma vida activa, saudável e feliz. 

Ambos os grupos são divididos por idades (faixas etárias) durante um tempo para que possam receber cuidados, atenção e ensinamentos apropriados à sua idade. Por exemplo, os bebés e os da primeira infância necessitam cuidados especializados e muitos cuidados de atenção frequente que as crianças da idade de Philip e os mais velhinhos não necessitam, mas requerem muitos outros tipos de circunstâncias e instruções para alimentar os seus interesses e aptidões. Cada criança é tratada como o ser especial e único que é – nada do que possa ser considerado rígido ou com expectativas de conformismo, faz parte da vida aqui.

 Todos os alimentos estão de acordo com o que chamais “sem corpo físico”, mas claro que os nossos corpos são visíveis para todos nós! Temos toda a espécie de frutos, vegetais e grãos deliciosos – não há carne, mas há plantas que produzem o cheiro da carne – e sumos maravilhosos e muitos tipos de sopa com temperos diferentes. Em todos os lares, excepto nos berçários, os encarregados presidem à Hora da Família, onde cada criança tem uma altura para falar da sua família da Terra. 

A extensão dos seus laços individuais de amor é evidente, e nos casos em que foi dada pouca atenção e afecto, a criança é induzida a compreender e a conceder o perdão. Podíeis chamar parte da oração da Hora da Família. A escolaridade está de acordo com a idade e a compreensão de cada criança. Philip vai iniciar aulas com crianças da sua idade, e pode progredir nos estudos tão depressa quanto queira e escolher assuntos do seu interesse. Há muitos divertimentos apropriados à sua idade – peças, festivais de música, filmes, espectáculos de comédia e uma grande variedade de jogos de interior e exterior e desportos como a natação, o ténis, patinagem e caminhadas. 

Muitas vezes as crianças mais velhas ensinam as mais novas e também lhes ensinam boas maneiras e outras cortesias, como vestir-se e apertar os sapatos, fazer construções com cubos, lançar papagaios de papel, construir modelos de barcos e aviões, e lêem-lhes contos de encantar – é precisamente como agem os irmãos e irmãs mais velhos na Terra! Mas os supervisores especialmente treinados estão sempre atentos às actividades de cada criança, por isso, por favor não pensem são deixadas entregues a si próprias para decidir o que é ou não é apropriado para elas. 

Todas podem comunicar telepaticamente, mas sobretudo as mais novas adoram falar, e que alegria é ouvi-las falar sobre o som das palavras nas suas diversas línguas! Olhando para o futuro, Philip irá crescer em estatura e conhecimento mais rapidamente do que as crianças da Terra, e ao fazê-lo, irá lentamente recordar outras vidas da sua alma acumulativa.
 Mas será sempre Philip! Espiritualmente falando, irá tornar-se mais sábio e inteligente, mais conhecedor e consciente, do que se tivesse vivido uma longa vida na Terra, mas os laços de amor com a sua família da Terra nunca irão mudar. Minha querida Avó, agradeço teres registado a minha descrição da vida aqui para que a família de Philip possa ter uma imagem clara dele nas circunstâncias que expliquei.

* * * * * * * * * *
 Obrigado, Mãe.

 24. Com esta mensagem edificante e com o nosso amor incondicional, despedimo-nos para já

. AMOR e PAZ
 Suzanne Ward suzy@matthewbooks.com

 PS:Filme que retrata bem a forma como as crianças são cuidadas na pátria espiritual. Recomendado pelo proprio espirito Matthew.


  Encontrará este filme no site:
http://www.saudadeeadeus.com.br/filme378.htm


Um Olhar do Paraiso

Enviar um comentário