01 julho 2012

LIBERAR OS ALICERCES DA ILUSÃO - 01/07/2012



A humanidade está a ir agora pelo espremedor para todas as questões não resolvidas estão surgindo à  superfície para reconhecê-los e liberá-los. 

Este é um momento muito intenso em sua evolução espiritual e vocês estão a receber um grande apoio dos Reinos Espirituais.

Tenham a intenção de  reconhecer e liberar todos os assuntos, lembre-se de que todos têm questões a resolver, alguns dos quais estão escondidos muito abaixo da superfície do estado semi-consciênte da consciência que vocês escolheram experimentar, enquanto algemados à ilusão. 

É desagradável lidar com questões que escolheram não aceitar. No entanto, vocês tem abundante e incessante apoio espiritual para ajuda-los  nesta tarefa, que deve completar-se antes de despertarem. 

À medida que os encaram e  recusam  decepcionam-se por qualquer temor que surja, vão descobrir que realmente não há nada a temer da parte deles, e que simplesmente enfrenta-los e aceita-los é o suficiente para permitir a liberação quase indolor. 

Aquilo que vocês  mantém escondido, de si mesmos  atemoriza-os, quando se abrirem observem a dissolverem-se os seus medos, na medida que percebem que na verdade não há nada a temer. 

O medo é um obstáculo para o amor é uma obstrução, um véu, uma névoa que esconde o amor e tende a vincular com as questões durante o percurso de Eons de tempo que você inventou e, de seguida, fracassado e esqueceu-se de resolver e libera-los. 

A ajuda que temos disponível no momento em abrir o campo do amor que envolve assegurar estas questões são completamente dissolvidas, enquanto os liberta para que eles possam sentir o brilho do amor que sente abraçando e iluminando o caminho para casa.

Essa luz tem estado sempre com você, mas à medida que eles se aprofundam ainda mais na ilusão, ele começou apagar-se e a desaparecer da vista de distracções ao mesmo tempo e tornou-se mais sedutora. 

A separação que o tinha  rodeado, aparentemente, também ofereceu a ilusão de poder para derrotar os outros e tornar-se no supremo.

Vocês queriam isso e estavam prontos para lutar contra  todos os que chegavam para obter os seus direitos exclusivos. 

E assim começou o longo caminho através do sofrimento intenso, enquanto lutavam entre si e recusaram-se a admitir ou a reconhecer o amor de que todos fomos criados. 

Você tem uma expressão: "usa ou perde-o", e foi isso que aconteceu com o amor: você perdeu-o de vista, esqueceu-se dele, e negou a sua existência. 

Agora estão em processo de se tornar conscientes de novo. Muitos Santos  têm demonstrado o  eles são, você escreveu e compartilhou suas histórias, e depois partiram matando-se uns aos outros no seu santo nome! 

Agora, está a despertar o reconhecimento enorme, a medida que se torna evidente que estas agendas egoicas auto-beneficientes  não funcionam e  leva a um maior conflito e maior sofrimento. 

O poder do amor é infinito e eterno, e desde o momento da sua aparente separação tem vindo a 'cutucar' constantemente, quer seja diretamente, ou  esteja sendo mostrado pelos santos ao longo da vida de ilusão tem-no visitado constantemente para ajudar a despertar. Finalmente se está a reconhecer o amor como o ingrediente essencial para uma existência pacífica, harmoniosa e alegre. E aqueles que o reconhecem e o vivem em seguida,  compartilham livremente para todos os lugares.

O reconhecimento do poder que é o amor está a  espalhar-se de forma exponencial por toda a humanidade, dando um choque a muitos que se sentem oprimidos pela maravilha disto e questionam-se se isso é real.

Sim, é. Esse é o poder enorme que está abalando os mesmos alicerces da ilusão, que começou a desintegrar-se e nada pode agora evitar o seu desaparecimento permanente.

Então, a medida que  passam pelo próprio espremedor  pessoal, recordar-se-ão sempre que este é um passo essencial no seu caminho para o despertar e terão uma assistência abundante para ajudá-los a liberar este fardo esmagador que carregaram por tanto tempo. 

O fim aproxima-se a medida que o  abraço  do campo do Amor Divino os sustenta a todos com cuidado e carinho em seus braços confortantes. 

Seu irmão amado, Jesus. 

John Smallman
Tradução - Matéria Sublime
Enviar um comentário