31 janeiro 2012

NIBIRU O 12º PLANETA


Entre 1902 e 1914, arqueólogos encontraram alguns pergaminhos na região da Assíria, antiga Mesopotâmia. Estes pergaminhos foram escritos 1000 anos antes das primeiras histórias bíblicas. Incrivelmente, nessa idade já se sabia muito sobre astrologia.

Os sumérios descreviam nosso sistema solar como um conjunto de 12 corpos celestes significativos. Na linguagem zodiacal, estes astros são todos chamados de "planetas", embora, entre eles, os antigos incluíssem a Lua e o Sol. Isso significa que os mesopotâmicos, não somente possuíam um inexplicável conhecimento astronômico, eles também afirmavam a existência de planetas que somente a ciência contemporânea pôde reconhecer, como o longínquo Plutão, hoje destituído de seu status planetário. Os miteriosos Urano e Saturno e o até hoje desconhecido porém procurado, o 12º planeta. Este que os sumérios denominavam Nibiru. Ora, se os sumérios, há 6 mil anos atrás, estavam corretos em relação aos nove planetas reconhecidos hoje porque não poderiam estar, igualmente corretos, em relação a Nibiru?


Nibiru é um planeta desconhecido marrom, sua translação através do nosso sistema solar é a cada 3.600 anos. Nibiru é dito ter várias luas ao redor e arrasta uma longa cauda de detritos e materiais de rocha.


Há milhares de anos, Nibiru colidiu com um planeta que estava entre Marte e Júpiter chamado Tiamat, Nibiru completamente destruíu Tiamat, criando assim os escombros espalhados pelo cinturão de asteróides que separa os planetas exosolares e intrasolares. Desde esse ocorrido, sua órbita foi afetada, e Niviru após a colisão teve o caminho mais longo de todos os planetas do sistema solar.

Há seis mil anos atrás, os Sumérios conheceram um planeta chamado Nibiru. Era o planeta de origem de um povo descrito pelos antigos como "raça de deuses". Os nativos de Nibiru visitaram a Terra no passado influenciando decisivamente a cultura humana. Artefatos e tabuletas cuneiformes de argila e pedra encontradas no Iraque referem-se claramente a um planeta de onde vieram viajantes cósmico. 

Aos poucos, a pesquisa sobre Nibiru começa a aparecer, ainda que o planeta seja chamado por outros nomes, como Anunnaki e foram considerados deuses. A tradição conta que os Anunnaki possuíam "servos" que eram "seres andróides". Não eram seres vivos mas agiam como se fossem.




De acordo com os sumérios (a mais antiga civilização no mundo), o planeta Nibiru é habitado pela raça Anunnaki (hominídeos reptilianos). Quando Nibiru em sua translação ao Sol se aproximou do nosso planeta, o seu povo veio aqui para roubar minerais diferentes e retornar ao seu planeta e para voltar 3600 anos mais tarde. Ainda de acordo com os sumérios, o homo sapiens é uma espécie criada pelos Anunnakis, a fim de criar uma raça de escravos (nós). Segundo os Sumérios o planeta Nibiru é habitado por todos os nossos deuses.


A órbita excêntrica, extensa de Nibiru, faz com que o planeta passe milênios totalmente invisível à observação no centro do sistema solar. Zecharia Sitchin acredita que quando a posição de Nibiru é favorável, ciclicamente, os Anunnaki - habitantes de Nibiru - visitam a Terra e interferem no curso da história humana. O ano de Nibiru corresponde a 3 mil e 600 anos terrenos, período regular de intervalo entre as visitas dos Anunnaki.

Seis mil anos depois do dilúvio, os Anunnaki que aqui permaneceram resolveram que era hora de deixar o planeta e, gradualmente, conduziram a raça humana à independência, introduzindo um sistema sociopolítico fortemente hierarquizado. Linhagens de reis foram estabelecidas, possivelmente considerando a descendência dos Anunnaki: eram os "Iniciados", versados em ciências como matemática e astronomia, conhecedores de técnicas de medicina, arquitetura e engenharia.


Entre 1983 e 1984, o IRAS - Infrared Astronomical Satellite produziu observações relacionadas a um décimo planeta. Em 1992 novas descobertas foram publicizadas sobre um planeta a mais no sistema, denominado "intruder - "planeta intruso". Os cientistas começaram, então, a confrontar os dados da astronomia com as traduções de Zecharia Sitchin, em especial, a tradução do documento Enuma Elish, que contém a história da formação deste sistema solar. São anais muito antigos que falam de um planeta do tamanho de Urano chamado Tiamat, cuja órbita passa entre Marte e Júpiter.

O grande planeta Nibiru foi capturado pela força gravitacional do sistema solar e sua entrada no conjunto causou anomalias nas luas dos outros planetas. Nibiru colidiu com Tiamat e enormes fragmentos entraram na órbita da Terra. Um desses fragmentos veio a ser a Lua.


O interesse de antigos e contemporâneos por Nibiru decorre de uma questão muito prática. Os relatos arqueológicos são claros: a passagem deste planeta a cada 3 mil e 600 anos nas proximidades da Terra produz efeitos sensíveis na realidade ambiental; catástrofes são desencadeadas. A passagem de Nibiru é, possivelmente, a causa da mudança nos pólos da Terra, dos regimes da marés, dos padrões climáticos, dos desvios da órbita e choque com asteróides que são arrastados pelo "intruso". Nibiru pode ter provocado, por exemplo, a extinção da vida em Marte, o diluvio de Nóe ou o fim da época dos dinossauros.


Existe uma área no Google Sky que está indisponível para visualização. A parte camuflada fica ao sul da constelação de Orion, local em que se estima a localização de Nibiru.

Mas de nada adiantou, uma vez que colocada a imagem em infravermelho, uma ¨coisa¨ se faz presente, com as mesmas características de Nibiru.


Nibiru já se faz visível em alguns lugares do mundo, sendo confundido com um ¨segundo sol¨. Como podem ver nas imagens abaixo:


O jornal Washington Post entrevistou, na ocasião, um cientista do JPL-IRAS (Jet Propulsion Laboratory): "Um corpo celeste possivelmente tão grande como Júpiter e tão próximo da Terra que pode ser parte deste sistema solar foi encontrado na direção da constelação de Orion, por um telescópio em órbita. Tudo o que posso dizer é que nós não sabemos o que é isso", disse Gerry Neugebauer, cientista chefe do IRAS. Todos os governos sabem sobre isto e eles estão tomando providências para sobreviverem à passagem do Planeta X (Nibiru) que está vindo, para manter intacto seus poderes.


Eles sabem que eles não poderão salvar a todos, e portanto somente salvarão aqueles que eles acharem que vale a pena salvar.


Existem coisas simples que você pode fazer hoje para atravessar os anos difíceis que virão. Apesar do que dizem os catastrofistas e negativistas, nossos ancestrais (pelo menos parte deles) sobreviveram cataclismas semelhantes, e portanto nós também podemos!


O que é Nibiru? Nibiru é um de muitos planetas que orbitam uma Estrela Escura (Dark Star) ou Anã Marrom (Brown Dwarf). Esta Estrela Escura tem cinco planetas menores, um sexto planeta do tamanho da Terra que abriga vida (Homeworld), e o sétimo é o planeta ou objeto que nós chamamos de Nibiru.

O Homeworld é muito parecido com a Terra e é onde moram os Annunaki, "os Gigantes ou Deuses de Antigamente". Nibiru é na maior parte inabitável.


Quando a Estrela Escura fica no periélio (posição mais próxima do nosso Sol), entre 60 e 70 AU [AU=Astronomical Unit=unidade astronômica igual à distância média entre a Terra e o Sol], a órbita de Nibiru, que fica a 60 AU da Estrela Escura, possui uma órbita suficientemente alongada para atravessar nosso sistema solar, geralmente nas proximidades da órbita de Júpiter, apesar que isso pode variar.


A inclinação orbital de Nibiru é cerca de 30 graus com relação ao nosso plano solar ou da eclíptica. Quando Nibiru atravessa nosso sistema solar em movimento retrógrado (sentido oposto) com relação aos demais planetas, algumas vezes ele desloca os planetas causando perturbação generalizada neste processo.


Sua passagem é momentosa mas rápida, levando apenas algumas semanas, ou meses no máximo, após o que ele desaparece de vista. Ele tem a cor vermelha e marrom, com uma cauda cheia de entulhos, e é circundado por várias luas





Nibiru e/ou suas luas foram responsáveis pela destruição de Tiamat, que agora é o Cinturão de Asteróides (localizado entre as órbitas de Marte e Júpiter). Ele também causou as crateras e cicatrizes superficiais na nossa Lua e nos planetas do nosso sistema solar, assim como as inclinações axiais variáveis dos planetas em suas órbitas.


Ele causou o afundamento da Atlântida e o Dilúvio de Noé. Ele é o vínculo físico (ou "balsa") entre nosso sistema solar e o sistema da Estrela Escura (Estrela anã marrom)


Nibiru tem sido chamdo de Disco Alado (com asas) ou com chifres (horned) pela humanidade do passado (por causa de sua aparência no céu).

Quando Nibiru aproxima-se do sistema solar interior, ele irá acelerar rapidamente por debaixo da eclíptica, passando atrás e por baixo do Sol antes que ele passe para cima da eclíptica num ângulo de 33 graus.




  

A NASA está observando Nibiru agora a partir de seu novo telescópio do Polo Sul (S.P.T.=South Pole Telescope), numa área do Polo Sul.


Em 21 de dezembro de 2012, Nibiru irá passar pelo plano da eclíptica e será visto como uma estrela vermelha brilhante e irá parecer um segundo sol, do tamanho aproximado da nossa Lua. Terremotos e clima muito perturbado irá ocorrer.


O pior, no entanto, deve vir em torno de 14 de fevereiro de 2013, quando a Terra se move entre Nibiru e o Sol. Haverá deslocamento dos polos e inclinação planetária. Ocorrerá grandes mudanças na Terra, Mega-terremotos e mega-tsunamis em escala global.


A partir de 1 de julho de 2014, Nibiru não irá mais afetar nosso mundo pois ele irá se afastar desta parte da galáxia. A NASA sabe sobre Nibiru e, para não gerar pânico na população, não divulga essa verdade.



Insiders da NASA, D.o.D. (Department of Defense), a inteligência militar nacional, o S.E.T.I. e a C.I.A. especulam que 2/3 da população do planeta podem perecer durante o próximo deslocamento dos polos causado pela passagem de Nibiru.


Outros 2/3 daquelas pessoas que sobreviverem inicialmente, podem morrer de fome e pela exposição aos elementos climáticos, dentro dos 6 meses seguintes.

O volume de vazamentos de insiders, de observatórios e do Vaticano está rompendo a barragem e liberando essas informações. A história mais importante da Terra em mais de 3.000 anos está se libertando das amarras feitas pelos controladores dos mercados financeiros.



A maioria das agências governamentais secretas dos USA está totalmente ciente do que é esperado e estão se preparando. O Vaticano está totalmente ciente do que é esperado. O público não está a ser prevenido, nem está a ser dado a chance de se preparar!
E você, está preparado?























"A Queda dos Arcontes" - Portal 2012






Eu tive algumas dúvidas sobre colocar esta informação porque pode ser chocante para algumas pessoas, mas eu estava, no entanto, instruído a fazê-lo. Os eventos dos últimos dias ainda me convenceram mais de que agora é a hora de falar. Eu não estou falando disto para espalhar o medo, mas para informar. Se estivermos conscientes da situação, nossa consciência unificada será capaz de transmutar e dissolvê-la. Este é um retrato bastante completo do estado de coisas entre as forças da luz e da escuridão e da vitória definitiva da luz.

25 mil anos atrás, as forças escuras criaram a quarentena na Terra e tomaram a humanidade como refém.  Eles criaram um sistema de controle de realidade virtual para que ninguém pudesse escapar. Eles prenderam  seres de luz que têm uma conexão com a fonte, para alimentarem esta criação virtual.

Este sistema de controlo de realidade virtual está ainda no lugar para se ampliar, e é geralmente referido como a matriz. No plano físico, o controle é mantido através dum tipo de escravidão de dívida baseada em sistema financeiro de Orion-babilônico e através da programação mental da mídia de massas. Nos planos etérico, astral e mental, o controle é mantido com câmaras eletromagnéticas de distorção do espaço-tempo semelhantes às utilizadas no experimento em Filadélfia. Essas câmaras criam uma ilusão de um sistema de circuito fechado, que parece ser eterno e esta é a razão por que tão poucos  seres foram capazes de se libertar / liberar / iluminar.

A Matriz é executada por seres, chamados Arcontes (grego para os governantes). Eles são seres que vieram da Galáxia de Andrômeda e quiseram experimentar a escuridão. Eles recusaram -se a se reconectar com a Fonte. Através de milênios, eles criaram a raça draconiana e Reptiliana através de engenharia genética para usá-los como guerreiros escravos para expandir seu império escuro.

O planeta Terra é o último planeta do império escuro para ser libertado. Já há muito poucos Arcontes no planeta Terra.

Com o avanço da tecnologia que origina formas de ondas no plano astral eles manipulam correntes astrais de energias planetárias e usam-nas para malévolas influências astrológicas. Eles mantêm a estrutura do espaço-tempo distorcida com implantes que criaram uma anomalia de buraco negro do espaço-tempo, confundindo a mente e as emoções humanas. Os implantes são cristais programáveis
​​que foram colocados em corpos mentais, astrais e etéricos de cada ser humano na Terra com fortes dispositivos eletrônicos.

No etérico e planos astrais baixos, seus administradores draconianos mantêm a tecnologia de inteligência artificial que mantém a Matriz no lugar. Tem um sistema de alerta para que se um ser despertado cria um buraco nesta Matriz com a sua Luz, os Draconianos enviam um guerreiro escravo Reptiliano para exercer pressão sobre os pontos fracos psicológicos desse ser desperto para diminuir a sua vibração e, assim, fechar o buraco. Além disso, os guerreiros escravos Reptilianos constantemente exercem pressão sobre a mente e as emoções dos encarnados seres humanos na Terra, a fim de evitar o seu crescimento espiritual e para suprimir a sua luta pela liberdade. Se isso não for suficiente, eles também enviam uma ameba como seres elementais que colocam pressão adicional. Todos esses seres negativos costumam esconder-se nas dobras da estrutura do espaço-tempo distorcido em planos astrais e etéricos:


O seu poder está no medo e nos planos escondidos. Eles perdem todo o poder perante a luz, a verdade e a coragem. Se estamos conscientes de tudo isso, sem medo, a luz de nossa consciência vai endireitar as dobras na estrutura do espaço-tempo e todos os seres negativos serão removidos dos planos astrais e etéricos do planeta Terra:

http://www.ascensionhelp.com/blog/2012/01/31/never-call-them-archons/

No plano físico os Arcontes estão encarnados na organização jesuíta e controlam espiritualmente os seus administradores (Illuminati draconianos que executam o sistema financeiro), seus guerreiros (mercenários reptilianos que protegem os Illuminati) e seus escravos (humanidade que trabalha para eles nos seus empregos diários, das 9 às 5). Através de sociedades de jesuítas e maçons de grau 33 que detêm a estrutura dos Illuminati juntos. Esta estrutura agora está finalmente caindo aos pedaços.

Invasões dos Arcontes

Houveram  três invasões principais dos Arcontes e suas raças subjugadas, tais como Draconianos e Reptilianos vindos do espaço na história humana conhecida. Todos eles aconteceram tanto no plano físico como espiritual.

A primeira é a invasão Kurgan, que aconteceu por volta de 3600 aC. Seres escuros entraram através do portal dimensional de Cáucaso.



 
Seu propósito era destruir a adoração pacífica à Deusa de culturas neolíticas que prosperaram na Europa do neolítico. Eles queriam destruir a veneração da Deusa já que a energia feminina é a nossa conexão direta com a Fonte:

http://www.public.iastate.edu/ cfford/342Chalice.html

A segunda é a invasão Khazar, que aconteceu por volta 393 dC. Seres escuros usando o mesmo portal dimensional de Cáucaso.




O objetivo desta invasão era destruir as escolas de mistério, grupos de cristãos gnósticos e a adoração do paganismo à natureza e substituir aqueles com programação mental de culto cristão. Esta programação foi reforçada com a criação de infernos da realidade virtual na parte inferior do plano astral, que foram então usados ​​pela Igreja para reforçar a sua posição.

A terceira é a invasão do Congo que ocorreu em 1996. Seres escuros entraram  através da devastação provocada pela guerra do Congo, Ruanda e Uganda. O foco principal desta invasão estava no etérico e plano inferior astral. O objetivo desta invasão era destruir a idade nova e movimentos de ascensão e reforçar a Matriz que já estava começando a se desintegrar em 1995, como resultado do despertamento em massa na Terra. A maioria dos seres não estão conscientes desta invasão porque as suas memórias sobre a luz que estava presente na Terra antes de 1996 foram apagadas com intensas sessões de implantes entre 1996 e 1999.


Vitória da Luz


Após a ativação do portal 11:11:11 em novembro do ano passado, a Matriz está finalmente caindo aos pedaços. Imediatamente depois disso, os eventos foram postos em movimento (processo Keenan) que, finalmente, resultarão em nossa libertação definitiva. Desta vez, não pode haver invasão de Arcontes do espaço exterior, uma vez que o planeta Terra é o último a ser liberado.

A batalha decisiva está prevista para acontecer durante o portal em trânsito de Vénus em 05 de junho. Nós já estamos dentro do prazo do ponto de viragem decisivo. Embora a vitória da Luz esteja garantida e todos os prazos negativos tenham sido apagados, precisamos de estar muito atentos.

Arcontes no plano astral continuarão a exercer pressão sobre os pontos fracos psicológicos dos jogadores-chave das forças positivas na Terra para criar divisões e conflitos entre eles. Isto serve o seu propósito de colocar a nossa atenção em pequenas brigas e longe de nossa intenção focada de derrubar a Cabala. Precisamos liberar esses conflitos e reorientar imediatamente. O fluxo de consciência da libertação é forte o suficiente para substituir a influência  de Archon, mas eles ainda são poderosos o suficiente para criar atrasos desnecessários. Prisões em massa da Cabala não são só operações físicas, elas precisam de apoio espiritual para que, quando acontecer, massas humanas não entrem em pânico.

Em um certo ponto, as energias do Sol Central Galáctico vão arder através de todos os obstáculos da Matriz nos planos astrais e etérico e todas as entidades negativas serão removidas. Eles serão substituídos por anjos e guias espirituais como uma profecia lindamente afirma:

A Rede deve descer, ela termina, a Luz entra

O passo final é simplesmente derrubar a Rede. Isso tem que ser feito e então os eventos, irão surgir rapidamente.

Aquele irá colocar toda essa energia para destruir a própria rede e os eventos irão ocorrer quase imediatamente.

Os programas não terão nenhum lugar para se esconder, sem portais, sem nenhum equipamento, nada. Eles serão levados para fora e o padrão de tempo de luminosidade começará.


Fonte: Portal 2012
Tradução para o Português: Ana Karuna

30 janeiro 2012

SEGREDOS DO ESPAÇO / EXCELENTES FILMEs

Os Exilados de Capela - 30.01.2012


30.01.2012




Dentre os vários contingentes de exilados trazidos para o planeta Terra, o caso mais vivo em nossa memória espiritual, talvez por ter sido o mais recente, é o dos exilados provenientes do sistema de Capela. 

Conforme nos relata Ramatis em "Mensagens do Astral", obra psicografada por Hercílio Maes, "...temos à disposição em nosso mundo, literatura mediúnica que cita muitos casos de espíritos expulsos de outros orbes para a Terra, em fases de seleção entre o "trigo e o joio" ou entre os "lobos e as ovelhas", fases essas pelas quais tereis em breve de passar, para higienização do vosso ambiente degradado. 


Entre os muitos casos de exílio que vosso mundo tem acolhido, ocorreram diversos casos isoladamente (em pequenos contingentes) , e bem como emigrações em massa, como a proveniente do sistema de Capela, as quais constituíram no vosso mundo as civilizações dos chineses, hindus, hebraicos e egípcios, e ainda o tronco formativo dos árias. Esse o motivo por que, ao mesmo tempo em que floresciam civilizações faustosas e se revelavam elevados conhecimentos de ciência e arte, desenvolvidos pelos exilados, os espíritos originais da Terra mourejavam sob o primitivismo de tribos acanhadas. 


Ombreando com o barro amassado, das cabanas rudimentares do homem terrícola, foram-se erguendo palácios, templos e túmulos faustosos, comprovando um conhecimento e poder evocado pelos exilados de outros planetas." 


"No vosso mundo, esses enxotados de um paraíso planetário constituíram o tronco dos árias, descendendo dele os celtas, latinos, gregos e alguns ramos eslavos e germânicos; outros formaram a civilização épica dos hindus, predominando o gênero de castas que identificava a soberbia e o orgulho de um tipo psicológico exilado. As mentalidades mais avançadas constituíram a civilização egípcia, retratando na pedra viva a sua "Bíblia" suntuosa, enquanto a safra dos remanescentes, inquietos, indolentes e egocêntricos, no orbe original, fixou-se na Terra na figura do povo de Israel. 

Certa parte desses exilados propendeu para os primórdios da civilização chinesa, onde retrataram os exóticos costumes das corporações frias, impiedosas e impassivas do astral inferior, muito conhecidas como os "dragões" e as "serpentes vermelhas". 

Segundo Edgar Armond na obra "Os Exilados da Capela", "esta humanidade atual foi constituída, em seus primórdios, por duas categorias de homens, a saber: uma retardada, que veio evoluindo lentamente através das formas rudimentares da vida terrena, pela seleção natural das espécies, ascendendo trabalhosamente da inconsciência para o Instinto e deste para a Razão; homens, vamos dizer autóctones, componentes das raças primitivas das quais os "primatas" foram o tipo anterior melhor definido; e outra categoria, composta de seres exilados da Capela, o belo orbe da constelação do Cocheiro a que já nos referimos, outro dos inumeráveis sistemas planetários que formam a portentosa, inconcebível e infinita criação universal."
"Esses milhões de ádvenas para aqui transferidos, eram detentores de conhecimentos mais amplos, e de entendimento mais dilatado, em relação aos habitantes da Terra e foi o elemento novo que arrastou a humanidade animalizada daqueles tempos para novos campos de atividade construtiva, para o aconchego da vida social e, sobretudo, deu-lhe as primeiras noções de espiritualidade e do conhecimento de uma divindade criadora." 


"Essa permuta de populações entre orbes afins de um mesmo sistema sideral, e mesmo de sistemas diferentes, ocorre periodicamente, sucedendo sempre a expurgos de caráter seletivo; como também é fenômeno que se enquadra nas leis gerais da justiça e da sabedoria divinas, porque vem permitir reajustamentos oportunos, retomadas de equilíbrio, harmonia e continuidade de avanços evolutivos para as comunidades de espíritos habitantes dos diferentes mundos." 


"Por outro lado é a misericórdia divina que se manifesta, possibilitando a reciprocidade do auxílio, a permuta de ajuda e de conforto, o exercício enfim, da fraternidade para todos os seres da criação. Os escolhidos, neste caso, foram os habitantes de Capela que deviam ser dali expurgados por terem se tornado incompatíveis com os altos padrões de vida moral já atingidos pela evoluída humanidade daquele orbe."
"Mestres, condutores e líderes que então se tornaram das tribos primitivas, foram eles, os exilados, que definiram os novos rumos que a civilização tomou, conquanto sem completo êxito."

Vamos prosseguir neste tópico com informações trazidas por Emmanuel em "A Caminho da Luz", obra psicografada por Francisco Cândido Xavier, as quais nos proporcionam uma rápida idéia de como e em que regiões do planeta foram organizados os exilados provenientes de Capela.


O Sistema de Capela

Nos mapas zodiacais, que os astrônomos terrestres compulsam em seus estudos, observa-se desenhada uma grande estrela na Constelação do Cocheiro, que recebeu, na Terra, o nome de Cabra ou Capela. Magnífico sol entre os astros que nos são mais vizinhos, Capela é uma estrela inúmeras vezes maior que o nosso Sol e, se este fosse colocado em seu lugar, mal seria percebido por nós, à vista desarmada.

DR. MESMER Magnetismo Selvagem - Filme Completo

                                
DR. MESMER
Canadá / Inglaterra / Alemanha, 1994. Direção de Roger Spottiswoode.
Com Alan Rickman, Amanda Ooms, Peter Dvorsky, Anna Thalbach.
Overseas Filmgroup, colorido, 1h50, Paris Video Filmes.


Filme histórico baseado na vida do médico alemão Dr. Franz Anton Mesmer (1734-1815), criador do mesmerismo, doutrina que, dentre outros postulados, defende a existência de um fluido universal, magnético, fundamental para a manutenção ou restabelecimento da saúde humana.
O roteiro mostra, com detalhes, a célebre cura, realizada por Mesmer, (Alan Rickman, Duro de Matar, Rasputin), da jovem pianista Maria Theresa Paradies (Amanda Ooms), da alta sociedade austríaca, portadora de cegueira histérica desde os 3 anos (caso registrado na literatura), concentrando o enredo no romance entre ambos.


25 janeiro 2012

O que Deve Acontecer está a ser Discutido



  January 12, 2012
Saudações da Federação:

O que deve acontecer está a ser discutido, presentemente, em segredo, aos mais altos níveis dos governos do vosso mundo, e através de emissários para outros governos em todo o mundo. Como a ocasião se aproxima cada vez mais do inevitável, os vossos líderes estão cientes que não podem parar a maré da Divulgação a varrer o vosso planeta. Sabem, também, que, ou serão varridos por essa maré, ou deverão decidir tomar as rédeas e fazer, eles próprios, a Divulgação. A capacidade de vacilar sobre este assunto consegue mesmo surpreender-nos porque os vemos lutar entre si para chegar a uma plataforma de acordo. Logo que é alcançada, alguém inevitavelmente abandona-a e o processo começa de novo. Esperamos na retaguarda pelo que deve ser feito, se não for feito pela nossa gente.

Irão chegar notícias sobre um invento científico “novo” no campo do que denominais sistemas de energia ponto zero. Será apelidado de teórico, mas, na realidade, será um modelo funcional de um aparelho verdadeiro de energia criada há muito tempo e que só agora será distribuído. Irá haver melhoramentos interessantes no vosso campo jurídico sobre a protecção de patentes. As “notícias” sobre esta invenção serão cuidadosamente controladas pelos que estão no poder, para determinar que tipo de impacto esta divulgação terá no povo, em geral.

A Rainha de Inglaterra cedeu o controlo sobre uma facção Illuminati a um grupo sobre o qual os nossos aliados têm privilégios de “consultoria”. Isto significa, a longo prazo, que esta facção será mais susceptível às mudanças necessárias para efectuar a Divulgação e a libertação do povo das garras da cabala. Foi uma “paz” negociada que surgiu depois de muitos e muitos meses de ajustamentos de todos os lados. Confiamos que seja outro obstáculo afastado com êxito, para o inevitável.

Ultimamente, notaram um ligeiro decréscimo nos avistamentos que fez com que as vossas notícias fossem de natureza mais espectacular. Isso vai mudar. Presentemente estamos noutra fase do processo da Divulgação, em que a revelação das nossas naves tornar-se-á mais pronunciada.

Recentemente, aconteceu uma reunião muito importante de todas as facções da Federação. Foi um acontecimento notável, não apenas em número mas também em importância. Foi a reunião preparatória final de todas as facções envolvidas para examinar cada detalhe dos acontecimentos que irão surgir, incluindo as consequências políticas, sociais, religiosas, emocionais, mentais e físicas. Esta reunião aconteceu a bordo de uma das nossas naves de maior envergadura, uma máquina viva enorme para minimizar a vossa compreensão de construção. Embora o espaço físico não fosse realmente necessário para este processo, pois, de tempos a tempos, discutimos muitos destes assuntos telepaticamente, reunimo-nos fisicamente para resolver assuntos que são melhor compreendidos desta maneira. Entre os que estavam representados, havia humanos da Terra, que comunicaram as suas opiniões sobre os acontecimentos futuros e cujas opiniões foram tidas na mais alta consideração.

Embora ao longo dos anos tenhamos sido assaltados por muitos obstáculos, estamos emocionados com a perspectiva dos meses que vão seguir-se e tudo o que isso nos reserva. Sintam, de novo, a emoção pela época em que escolhestes viver e pela maneira como acordastes para a verdade. Os vossos pensamentos criam ondas que agem como faróis para a verdade, e essa verdade irá regressar a vós com grande intensidade.

Fiquem em paz.

Tradução: Maria Luisa de Vasconcellos (luisavasconcellos@hotmail.com)

Aos Leitores de Língua Portuguesa.
Procuramos continuamente ajuda para o nosso trabalho, portanto, se dominar bem a postagem de mensagens em blogs. não hesite em contactar-nos no seguinte endereço: luisavasconcellos@hotmail.com Obrigada!

23 janeiro 2012

Estrutura á Base de Carbono para Cristalina

Mudança das Células

 
Mitocondrias são as estruturas das células que produzem energia


Mensagem de Ísis
Através de Petra Margolis
em 22 de janeiro de 2012





Coisa de uma semana atrás eu recebi um e-mail de alguém me perguntando sobre a Ascensão e as mudanças. Ele é um bioquímico e perguntou o que quer dizer com a estrutura estar mudando de à base de carbono para a estrutura cristalina.


Ele sugeriu que a estrutura à base de carbono passará para a estrutura silicone/cristalina e esta tem uma frequência mais alta e está imediatamente abaixo do Carbono na tabela periódica. Eu não tenho muito conhecimento sobre isto, mesmo não tendo me saído tão mal na escola, então eu pedi maior esclarecimento a Ísis e a Kuthumi.
Ísis:

O seu entendimento está correto, os elementos físicos na Terra estão mudando, pois é isto que apoia a Ascensão dentro do corpo físico para cada ser vivo na Terra. A mudança também está acontecendo no campo gravitacional ao redor da Terra, sendo alterado para um campo mais eletromagnético.

Isto é exigido porque a estrutura da célula física está mudando para uma frequência superior, mas, de fato, está ficando também mais pesada no mundo físico. É pouco perceptível, mas exige uma mudança no campo, pois a gravidade que há agora imprimiria muito peso no corpo físico. 

A frequência mais alta também está afetando o campo de gravidade, isso significa que os elétrons dentro de cada célula física estão de certo modo girando mais rápido. Isto tem o efeito de a gravidade se tornar menos confiável, não de um modo que você flutuaria para fora da Terra, mas de um modo que não permite que a frequência seja elevada para níveis superiores em um ponto. Seus cientistas têm trabalhando nisso há muito tempo, já que as mudanças nos elementos físicos estão ficando mais claras neste momento e eles percebem as mudanças nas frequências de cada estrutura celular.

Para seu entendimento, quando explicamos as mudanças de uma estrutura física para uma estrutura espiritual, significando mudança de células que têm determinado peso no mundo físico para células que não pesam nada no mundo espiritual, até mais está acontecendo aí. Lembre-se de quando lhe explicamos sobre a mudança dentro de cada chakra para elétron, isto está no livro As Chaves de Enoque, como você depois descobriu.

A mudança dentro dos chakras é muito importante, pois é isto que permite uma mudança ainda maior dentro das células físicas. Para completar a mudança no corpo físico para a total ascensão em células sem peso, uma mudança diferente é necessária, pois você está indo para a quinta dimensão.

É por isso que os chakras estão mudando para elétrons e é por isso que temos lhe mostrado como as células estão mudando interiormente, mas não exteriormente ainda. O interior de cada célula física está se tornando mais e mais leve, o exterior, entretanto, tem uma camada extra ao redor, como uma blindagem de proteção feita por elétrons que são atraídos para as células através da rotação dos chakras/elétrons.

Cada célula tem determinados elétrons e prótons e quando eles são iguais, eles não giram. A frequência dentro de cada célula não muda. Quando a camada extra for produzida ao redor das células, as células terão mais elétrons do que prótons e começarão a girar, permitindo que as células entrem numa frequência mais alta.

A mudança do chakra para elétron produz uma ressonância magnética verdadeiramente, produzindo mais elétrons do que prótons dentro do corpo físico.
A ressonância magnética dentro de cada célula atrai esses elétrons para o exterior de cada célula, a camada ou cápsula construída ao redor de cada célula começa a conter mais e mais elétrons em comparação com os prótons.

Esta cápsula continuará atraindo mais e mais elétrons até que esteja cheia e não possa receber mais nenhum elétron. Este é o ponto em que a célula completa muda para exatamente uma célula espiritual, ou luz, energia leve.

Isto normalmente se compararia à mudança para um tipo de estado neutro ou puro no mundo físico, mas quando você adiciona as frequências mais altas que são fornecidas através do campo magnético e da rotação, as mudanças para frequências dimensionalmente superiores, as células não serão físicas, pois a rotação e a frequência dentro das células estão tirando-as da manifestação física e elevando-as para a manifestação não física ou de energia.

Isto acontece quando você atinge frequências acima do nível dodecadimensional em cada célula. Porém, no campo de gravidade ao redor da Terra neste momento, você precisa atingir um ponto em que a rotação das cápsulas de elétrons tenha atingido o ponto zero. Um equilíbrio da frequência interior e da frequência da cápsula de elétrons. É aqui que a mudança alquímica para o não físico acontece.

Este é o processo do corpo físico e este processo não é apenas apoiado pela mudança de chakras para elétrons, mas também pela produção de energias que são os seus chamados corpos espirituais para células físicas.

É isto que muda a rotação dentro das células, pois a rotação externa das células é mudada pela atração de mais e mais elétrons para a cápsula externa ou camada de cada célula através do chakra/elétrons.
Este é o processo de Ascensão Cósmica ou Ascensão Completa.

Para aqueles que estão mudando para a quinta dimensão, as mudanças estão ocorrendo em um nível físico para uma estrutura mais de silicone/cristalina.
A mudança para um campo magnético ao redor da Terra é para apoiar essas mudanças das estruturas físicas nos humanos e em toda a vida na Terra.

A mudança dos chakras para elétrons é uma mudança não necessária para a quinta dimensão, somente se se escolher assim o fazer para atingir frequências superiores internamente. As mudanças para células/frequências pentadimensionais já estão acontecendo e esta é uma mudança automática para tudo e todos na Terra.

A própria Terra está mudando externamente para uma estrutura mais cristalina/silicone, porém no interior ela está mudando de um modo diferente. Como vocês veem o novo campo magnético ao redor da Terra, ele é a blindagem protetora dela, seu campo de elétrons está exatamente abaixo dela. Esta blindagem é o que está bem no meio de vocês como humanos e a Terra.

É como um casulo protetor permitindo que ela conclua seu processo sem interferência externa. Esta é a transformação alquímica básica do corpo físico, pois ela também envolve as mudanças no DNA nas estruturas física e espiritual, retirando as energias inferiores do corpo físico e mais.

A opção de transformar o corpo físico em luz, energia, não físico é uma das opções disponíveis, mas ela requer uma responsabilidade pessoal como realizar as purificações necessárias, as energias espirituais e mais, pois este é um mundo de livre arbítrio e o caminho para a Ascensão Cósmica é um passo pessoal.
As mudanças da 3D para a 5D estão automaticamente evoluindo as células neste momento, pois estamos nos aproximando da Espinha Cósmica e elas são o efeito das energias em mudança do Sol e das energias da Espinha Cósmica combinadas.

Como você pode entender, uma mudança física como esta leva um longo tempo e não pode ser feita em um par de meses, esta mudança da estrutura de carbono para a estrutura cristalina está ocorrendo há milhares de anos e o processo deverá estar concluído quando chegar a hora da Terra ascender.

A mudança alquímica de Ascensão Cósmica conta com diferentes mudanças e pode ser feita neste momento, mas está ficando mais difícil, pois nos aproximamos da espinha cósmica e o tempo está se esgotando.

Porém, você pode decidir tomar este caminho agora, pois ele lhe dará um trunfo ao mudar para a realidade pentadimensional, permitindo que você se movimente pela realidade pentadimensional como mais facilidade e permitindo que você percorra o caminho da Ascensão Cósmica e se mude para realidades superiores de consciência com mais facilidade.

O processo de Ascensão Cósmica levará mais tempo novamente, mas quando você já está em um estado superior de consciência e de frequências, será mais fácil avançar do estado físico para um estado não físico na Nova Terra.

O novo campo magnético ao redor da Terra está em produção e será concluído na hora da Ascensão da Terra. Ele será o substituto da grade de gravidade 3D que está ao redor da Terra neste momento. As grades cristalinas estão em remoção da Terra e uma nova grade cristalina ao redor da Terra está completa.


Os sons que as pessoas estão ouvindo são fraudes (*), o único som que poderia ser ouvido seria o batimento cárdico da Terra e as energias que estão agora começando a fluir livremente em frequências superiores neste momento, pois os sistemas de energia dentro da Terra estão em purificação e reparo. Este é um som que será ouvido e sentido dentro de você, não fora de você.



(*) Nota Stela - Ela está se referindo aos sons que estão acontecendo em várias partes do mundo e que estão causando ansiedade, duvida e medo. Na minha opinião, é mais uma forma de controle usada por quem tenha essa tecnologia para gerar medo e baixar a frequencia das pessoas... Se quiser saber mais, veja os videos sobre esses sons no mundo: http://www.youtube.com/watch?v=yyDW7vGw4t0 e em  Curitiba: http://youtu.be/TFTLNQZXB34


A nova grade cristalina é uma grade de pura energia, e sendo assim, não é preenchida com nada, pois cabe a vocês estruturar a nova grade.

Não há história, emoção ou qualquer outra coisa que possa influenciar você.
Você tem a escolha de como viver na Nova Terra.

Alguns pensam que esta nova grade é baseada em certas energias como o amor, ela não é, pois cabe a você prosseguir através de sua realidade da Nova Terra, e as escolhas são suas em como utilizar e se conectar a esta nova grade cristalina que é o alicerce para a Nova Terra.

Nós a deixamos agora com esta informação e voltaremos com mais informação.
Ísis