18 junho 2012

NAVES e Entidades Estelares. Metraton, Ashtar Sheran e Arthratho.16.06.2012



“Podem até não estar a sentir a minha vibração porque as vossas células já há algum tempo que estão alinhadas com a minha energia. 

Aceitando, acreditando ou não, têm sempre a acompanhar-vos uma conglomeração de Luz e de Entidades que se apelidam de Naves e Entidades estelares. 

As vossas vidas são acompanhadas por essas energias e por isso mesmo essas energias estão-vos disponíveis quando vós o solicitais, intencionais.” 

Metraton

“Alinhem, por favor! Alinhem sempre as vossas colunas nos vossos propósitos, nas vossas comunicações, no vosso percurso. 


Ao elevarem o pescoço mostram a vossa dignidade mas também alinham os vossos circuitos energéticos que estão feitos ao longo das vossas vértebras e que são, por assim dizer, a central que distribui a energia a todo o vosso corpo, a todos os vossos centros energéticos espalhados, quer seja nas mãos, no peito ou na cabeça. 

O vosso erguer de queixo não é sinal de superioridade.

O vosso erguer de queixo é um sinal de honra, de força, de ligação superior e não por isso mais importante. Superior porque apenas é diferente e mais elevada que aquela que estão a viver agora. 

Muitos destes comandantes são cientistas, filósofos…conhecedores de outras verdades que nós agora desconhecemos ou esquecemos.” 

Ashtar Sheran

(Foi mostrada uma faixa) 

“Esta faixa representa o vosso percurso fora do vosso corpo físico.

Todos nós temos uma. Esta faixa faz parte da vossa e da nossa informação genética, digamos. 

Esta faixa faz parte das vossas e das nossas cadeias do ADN. 

Esta faixa é o conjunto de todas as cadeias de ADN. No seu interior está incrustado a genética e a experiência.

E a experiência também altera a genética. 

De uma forma mais breve já o sabem. Esta faixa está em vós. 

Não vim entregar nada de diferente ou de especial. 

Pois é! Estavam esquecidos de mais uma coisa. 

E o pacto é também todos nós, ajudar todos vós a recordarem-se, recordando do Tudo e recordando do Todo.

Todas as nossas vidas são feitas de memórias e de conjuntos. 

Nós e as nossas memórias somos um só e cada um só faz parte de Um só maior e o Todo somos Todos nós, todas as nossas memórias, todos os nossos erros e todas as nossas vitórias, todas as nossas curas. 

E aí riam-se de vós mesmos porque transportam nas vossas mãos capacidade de cura e alguns não o querem aceitar porque não se aceitam a vós próprios! Quando se aceitarem a vós próprios, aceitam essa cura que têm nas mãos. As vossas mãos em triangulação com o vosso coração curam.

Assim como a vossa palavra, a vossa voz transporta essa cura. 

Enquanto o não quiserem aceitar, os pés não se mexem! 

Enquanto não derem passos e avançarem, essa triangulação não funciona! 

E essa cura é feita através da modéstia, da humildade, da dádiva.

Do não estar à espera de resposta. 

Quando forem vós mesmos, ou próximos já da vossa Essência, essa cura far-se-á aos outros e a vós mesmos.


A cura que transportam nas mãos e no coração ….. 


Não pensem apenas na cura física, na cura da matéria, mas na cura emocional dos outros. 


A cura da Esperança e da Liberdade que lhes podem transmitir. 


A cura que vocês transmitem através da vossa Paz. 


Ao transmitirem a vossa Paz, estão a curar os outros. 


Estão a mostrar-lhes alternativas porque há sempre uma alternativa. 


Há sempre um caminho no Caminho. 


E também como já vos foi dito, têm nesta vida oportunidade ( e foram vocês que a escolheram , a combinaram e a contratualizaram) de que a escolha seja feita através de dor para eliminar dores que deixaram para trás. 


Ao fluidificarem e ao materializarem essa dor e esse sofrimento estão a deixar aí na Terra, para ser transmutado, tudo aquilo que transportavam na vossa genética.


Esta é a vossa vida de malas pesadas para deixarem aí.


Se vocês quiserem olhar de frente para essas dores, essas mágoas esses ressentimentos e aceitá-los…. Se os aceitarem estão livres deles. 


Irão partir um dia em Paz e não terão que os encarar novamente.


Se no vosso percurso tiverem de cortar um dedo, rapar o cabelo, que seja! 


Sabem porquê? Porque livram-se, libertam-se de onde vocês acumularam esses pesos, essas obsessões. Não se importem! Vocês são perfeitos! 


São perfeitos e perfeitas porque são feitos à imagem, semelhança de uma Energia que é Una. Vocês são partes de um Todo e esse Todo não existe sem qualquer Um de vocês. 


E esse Todo é Amor! E esse Todo é Verdade! E esse Todo é Liberdade!


E vocês são importantes porque nada existiria sem cada um, individualmente, sem vocês. Como vos ensinou, como vos tem repetido, como vos tenho dito, como vos tem referido Ashtar Sheran, levantem o vosso queixo! 


Uma chama não arde torta! Uma chama quando é acendida, arde direita! Mesmo quando é soprada, ela está direita e não se entorta!


Ela volta sempre à sua posição inicial que é na direcção do Céu! 


E respeitando-vos e brincando convosco porque me entendem, não me canso de vos dizer: “O Amor nos Uniu.”


Assim É!" 


Arthrathon 


Transmitido telepaticamente a Ana Clara
Enviar um comentário